A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Ingles

"Um Passo Do Céu"

[Letra de "Um Passo Do Céu" por Ingles e Nog]

[Ingles: Refrão]
Perder jamais, cada sorriso um olhar que vai, por bem
Ao alívio da paz, eu sei
Que os templos tecem aos lampejos que os tempos pedem
A vitória vem no brilho no olhar de alguém
Triunfa mundo cruel, definindo a vida no pincel, registros no papel
Só vou com quem eu amo, no favo doce desse mel
Portanto, estou à um passo do céu

[Ingles: Verso 1]
Tudo é sucessão de onte'
Vai procurar em qual onte' irmão, você se esconde
Não espere que, tudo a caneta conte
Não me leve à mal, mas isso é mais que bumbo, caixa, show, alto falante

Dezembro, quase Natal, viver é atemporal
Sol que bate hoje, antes, tempestade e vendaval
Dos males o menor, pois o pior é não ter paz
Alia o tempo que sobra, porque quem cobra é visceral

Tá aqui depois que vi, vivi tudo
Também errei, e o que vem eu desculpo
É foda a luta, é pouco tempo de luto
Não quero que seque a fonte, mas também não me cuido

(Haja o que houver só tenho flashs de tempos bons...)
(Na contenção dos sorrisos que nos vestem...)
Trago novo salmo, uma missão do novo livro
Que as coisas floresçam na ambição do céu que crio

[Ingles: Refrão]
Perder jamais, cada sorriso um olhar que vai, por bem
Ao alívio da paz, eu sei
Que os templos tecem aos lampejos que os tempos pedem
A vitória vem no brilho no olhar de alguém
Triunfa mundo cruel, definindo a vida no pincel, registros no papel
Só vou com quem eu amo, no favo doce desse mel
Portanto, estou à um passo do céu

[Nog: Verso 2]
Caro Ingles, como é que tá, cê tá a pampa?
Até que eu tô bem, nem sei, eu nem vi passa' a semana
Nesse "vai e vem" corrido, cada dia mais um drama
Vou desabafa', pode pá, é difícil pra lida' com a fama

Conta pra mim se esse é o mal do rap, pra quem escreve
Há um tempo eu tinha paz num beck, não tem mais efeito
O tempo só passa e eu vejo mais muleque atrás do cash
Não querem mais ser Malcolm X, só Heisenberg

Tô sem sossego, memo' que eu tente ser imune
Meus sentimentos me punem, como eu odeio ciúmes (É um lixo!)
Meu motivo é colher só o que cultivo, por isso num desisto disso
Se não, num vivo (Não!)

[Ingles: Refrão]
Perder jamais, cada sorriso um olhar que vai, por bem
Ao alívio da paz, eu sei
Que os templos tecem aos lampejos que os tempos pedem
A vitória vem no brilho no olhar de alguém
Triunfa mundo cruel, definindo a vida no pincel, registros no papel
Só vou com quem eu amo, no favo doce desse mel
Portanto, estou à um passo do céu

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol