A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Quil

"Hábitos e Contradições"

Pra se encontrar tem que se perder
Pra dar valor tu tem que perder
Contradições, revézes, a vida real não é igual a que tá na tv
Tu nem percebe, mas nem parece, tua semana não muda
Nada acontece...
Mesmo que implore na selva ninguém te ajuda
Plante uma muda, esqueça o futuro
Pense no agora, ai eu te juro
Que tudo muda, caem os muros
É pelo meio o caminho mais seguro
Mau agouro eu anulo
Sei lidar muito bem com o que manipulo
Em vão eles vão tentar refutar o que penso
Com os mermo argumento chulo
Quero descanso, e num posso parar
Fadiga faz parte do jogo
Às vezes eu canso, e preciso parar
Faço a caixa, relaxo um pouco
Do nada é um verso que brota
Pedindo licença derrubando a porta
Desculpa mas esse é meu jeito
E pra mim, opinião não importa
Escrevo pra eternizar
Quanto tempo que falta pro meu acabar?
Tranquilo com meu consciente
Nunca veio fácil e num foi diferente
Sou mais um que só faz o que ama
Escravo de uma mente insana
Faço essas rimas por necessidade
Não quero viver aqui sempre na lama


[Refrão Liink]
Hábitos e contradições
Me trazem visões
Mil reflexões
Que só servem mesmo pra mudar meus
Hábitos e contradições
Me trazem visões
Mil reflexões
Que só servem mesmo pra mudar meus
Hábitos... E contradições

[Luã Gordo]
Quando eu cheguei a rua mantinha seus próprios sentinelas
Com amor eu provei, meu bonde é pressão que explode qualquer panela
Eu tinha o hábito de manter contradições
Me reinventei e passei a ter próprias convicções
Não estava errado quando eu larguei tudo pra fazer som
Não foi só uma escolha, é um chamado quando se tem o dom
Amor, batida, sentimento, minha vida
A música é minha mina, os versos é a trilha
De quando a gente faz amor, de quando a gente se beija
E eu te imaginava tão linda nos meus braços
E a gente tão feliz rindo como dois palhaços
Meu mundo era o seu, lembro que me prometeu
Eu você, você e eu. O sonho não morreu

[Refrão Liink]
Hábitos e contradições
Me trazem visões
Mil reflexões
Que só servem mesmo pra mudar meus
Hábitos e contradições
Me trazem visões
Mil reflexões
Que só servem mesmo pra mudar meus
Hábitos... E contradições

[Liink]

Não quero nada que me faz fraco, não
Nem toda culpa se apaga com perdão
Quando se fala de humanos e se fala de demônios
É difícil fazer a distinção
Me arrependo de todo mal que fiz
Não muda o fato que é impossível apagar
Por isso continuamos à pagar
Pra cada pecado, uma vida, uma lição
Baby, vai carregar tua cruz
Sente, o arrependimento é luz
Pense, a que ponto você se reduz
De ter razão, tamo à milhões de anos luz
Não é diferente pra você o que é imposto pra mim
Nossas escolhas erradas dão prejuízo no fim
Foda-se o que é melhor pro mundo, eu sou o que é melhor pra mim

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol