A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Nego Max

"Doador de Sangue"

[Intro]
Uó, real ganjaboy
Yeah
Original rudeboy
Uô, uôô

[Refrão]
A revolução começa aqui, a indústria treme
Eu sou estranho, mas são todos iguais a mim
Por isso eu sou gigante
Eu poderia ficar muito rico
Eu preciso disso porque eu sinto fome
O dinheiro é um desperdício, só faz rima pobre
A revolução começa aqui, a indústria treme
Eu sou estranho, mas são todos iguais a mim
Sou gigante
Sim, eu poderia ficar muito rico
Eu preciso disso porque eu sinto fome
O dinheiro é um desperdício

[Verso 1]
Gatinha, eu mudei
Voltei pro alternativo, meio Popcorn
Porque a pirataria me deixou boy

As gravadoras querem me deixar pop
Empresários querem me deixar pobre

Difícil, porque agora já tô tão longe
E o que não me mata me faz tão forte
Riqueza é o sonho, riqueza é a vida
Essa é minha maior posse, ahn
Foda-se a indústria, só causou tosse
Foda-se seus bens, Mercedes Benz, Porsche
Isso aqui é literalmente um brainstorm
Eu nasci no dia em que eu inventei o Froid
Esse estado luta pra manter o cofre
Mano, escrever rap igual doar o sangue
Nós só precisamos nos manter jovens
Por isso que a perifa inventou o funk
Sempre tô pensando num jeito de melhorar
Sempre tô pensando num jeito de me atrever
Acho que os fãs de rap nunca vão entender
Vou fazer do jeito que nunca vão duvidar
Suei por essa grana, meu mano, cadê você?
Logo menos tô colando aí em BH
Prepara alguma coisa logo aí pra eu comer
Vou visitar a família quando essa turnê acabar
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol