Delacruz
Andressa
[Refrão]
Gosto a**im como tu faz
Quando eu me revolto, tu volta com a paz
Viciado eu volto e sempre quero mais
Quanto mais eu me solto, tu me prende mais
E é bom demais

Gosto a**im como tu faz
Quando eu me revolto, tu volta com a paz
Viciado eu volto e sempre quero mais
Quanto mais eu me solto, tu me prende mais
E é bom demais

[Verso 1]
Eu paguei pra ver, não resisti
Despreocupado, cascudo, desapegado
Tentei te levar no embalo. aí me surpreendi
Não sei por que, mas quando eu vi esse teu gingado
Teu cabelo cacheado, castanho caramelado
Minha reação foi sorri

[Refrão]
Gosto a**im como tu faz
Quando eu me revolto, tu volta com a paz
Viciado eu volto e sempre quero mais
Quanto mais eu me solto, tu me prende mais
E é bom demais

Gosto a**im como tu faz
Quando eu me revolto, tu volta com a paz
Viciado eu volto e sempre quero mais
Quanto mais eu me solto, tu me prende mais
E é bom demais

[Ponte]
Um anjo que caiu do céu e cruzou meu caminho
Dádiva do meu senhor, que não me abandonou
E me deu você pra eu nunca mais caminhar sozinho
Um anjo que caiu do céu e cruzou meu caminho
Dádiva do meu senhor, que não me abandonou
E me deu você pra eu nunca mais caminhar sozinho

[Refrão]
Gosto a**im como tu faz
Quando eu me revolto, tu volta com a paz
Viciado eu volto e sempre quero mais
Quanto mais eu me solto, tu me prende mais
E é bom demais

Gosto a**im como tu faz
Quando eu me revolto, tu volta com a paz
Viciado eu volto e sempre quero mais
Quanto mais eu me solto, tu me prende mais
E é bom demais