Valmir
Bem Vinda
Bem vinda seria
Lamento, não há mais lugar
Havia seu canto
No entanto você não voltou

Meu vício de amar você
Não é o mesmo que tomar café
Por isso
Eu vivo muito bem
Com alguém que me quer
Com alguém que me quer

Tudo isso perdido por que?
Me pergunto, entretanto não sei dizer
O que houve e por nada você me perdeu
Eu que fui seu amigo
Seu amigo verdadeiro
Seu tudo, seu tudo de coração

Meu vício de amar você
Não é o mesmo que tomar café
Por isso
Eu vivo muito bem
Com alguém que me quer
Com alguém que me quer

Meu vício de amar você
Não é o mesmo que tomar café
Por isso
Eu vivo muito bem
Com alguém que me quer
Com alguém que me quer

Meu vício de amar você
Não é o mesmo que tomar café
Por isso
Eu vivo muito bem
Com alguém que me quer
Com alguém que me quer