A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Rashid

"Tão Real"

[Letra de "Tão Real" com Rashid]

[Intro: Rashid]
Tem gente que nunca vai entender porque eu sou tão real, tão real naquilo que eu faço
Mas minha vida é igual à sua (Yeah)
Tão real, tão real
Minha arte é minha vida, reflete a minha vida

[Verso 1: Rashid]
Quando a cortina fecha, quando o show acaba
E a solidão a poucos palmos, eu tento não temer mal algum
Procuro em palavras a fé de um salmo
Respiro calmo, atravessando o inferno e 'cês pedindo álbum...
Toma!
Minha vida em parcelas entreguei
E os juros são meus porque eu não me vendi, eu me doei
Minha alma é um mp3 ripado de um vinil
E minha pele foi tatuada pela agulha do DJ
Mas o game às vez não respeita seu time
A vida me dando soco e 'cês querendo punchline (É foda)
Minha garota na sala de cirurgia
E eu dormindo no sofá do hospital por quarenta dia
Essas feridas só são vistas se eu anoto
Minhas lágrimas num bloco de notas
Denotam minhas raízes da lama igual lótus
Faz cada track ser tão real que meu álbum podia ser um álbum de fotos
Com retratos de dias que me modelam
Mas não fotos reveladas, fotos que revelam
Que o zica memo é o Michel e até espanta
Porque ele vive essas coisas tudo aí que o Rashid só canta
Pra mim nem tudo é rima e show
Só que no final das conta quase tudo é flow
Cansei de cantar e você de ouvir história sofrida
Mas não reclama comigo, liga no SAC da vida, aí

[Refrão: Rashid]
Eu trago tanta coisa na ponta da caneta, pois não tinha opção
A outra opção era mentir pra mim mesmo e conviver com a decisão
Agora você sabe bem por que tão real
Abro o coração e sempre vem tudo tão real
Tendo 1 milhão de plays ou 100, sigo tão real
Meu som não é só por mim, é pela gente e isso é tão real

[Verso 2: Rashid]
É louco como o rap se tornou rentável
Mas a postura de alguns, lamentável
O que é dito tem peso inegável
E quando um fã meu perdeu a vida
De certa forma, eu me senti um pouco responsável
Fato, meu coração em cacos
Só resta arte, imita a vida igual Narcos
E quantos mano quiseram ser Pablo? Normal
E o mais perto que chegaram disso foi ter o mesmo final
Por que tão real? Porque eu sou um poeta e não um herói moderno
O mais perto que eu chego duma capa é quando eu abro e fecho meu caderno
Mundão da gota me sufoca
O espaço que tenho é o entre uma palavra e outra
Desculpa, mas no problema eu escrevo
O dom me foi dado pela Mão Suprema, eu escrevo
No contra, tipo a piracema, me atrevo
Meto vários rap de quatro folha
Isso que dá sorte, não trevo
Yeah, sinceridade
Boto o peito na frente duma bala por quem amo
Não é heroísmo, é lealdade
Mas tem dia que desmorono, perco a linha
Meu som dá força pu'cês, mas e eu? Onde busco a minha?
Demoro a ligar pra minha mãe com medo
Do dia que ela vai dizer que não tá bem
Me perdoa, mãe, vou ser mais presente
A senhora já perdeu seus pais, mas não vai perder seu filho também

[Refrão: Rashid]
Eu trago tanta coisa na ponta da caneta, pois não tinha opção
A outra opção era mentir pra mim mesmo e conviver com a decisão
Agora você sabe bem porque tão real
Abro o coração e sempre vem tudo tão real
Tendo 1 milhão de plays ou 100 sigo tão real
Meu som não é só por mim, é pela gente e isso é tão real
Eu trago tanta coisa na ponta da caneta, pois não tinha opção
A outra opção era mentir pra mim mesmo e conviver com a decisão
Agora você sabe bem porque tão real
Abro o coração e sempre vem tudo tão real
Tendo 1 milhão de plays ou 100 sigo tão real
Meu som não é só por mim, é pela gente e isso é tão real

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol