A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Black Alien

"Caminhos do Destino (Ao Vivo no Circo Voador)"

[Intro]
Mil, novecentos e dois mil e quatro
Babylon by Gus, Volume 1: O Ano do Macaco
Mista Black!

[Refrão]
Se você me trai e vem dizer que é meu amigo (yo, yo)
Eu corro atrás, eu instigo e investigo (yo, yo)
Se você pensa em me passar a perna
E não tem noção do perigo (yo, yo)
Logo mais, não serei eu
Quem vai acertar as contas contigo

[Verso 1]
Verso
Em Niterói, fumando na escuridão
Que nem no som de Celso
Blues Boy, na canção, então
Homenageio gente que eu admiro:
Chico Buarque, Van Gogh, Robert De Niro
Francisco França, Mauro Mateus
Nobres e plebeus que foram ao encontro de Deus
A eles que eu me refiro
Acidente estúpido ou tiro
Me tiraram os amigos, neles me inspiro
Desencanto repentino
Caminhos do destino, caminhos do divino
Se liga no relato, mulato
Não queimo mais a casa para me livrar do rato
Nem de nenhum cretino
Tipo de gente que se aproxima
Pela forma da batida e da rima
Taças para o alto, mãos para cima
Meninas e meninos
É ferimento leve para a firma, eu afirmo
A cara do Diabo em contato imediato
Com a sola do meu sapato, quando eu rimo
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol