A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Victor Mühlethaler

"A Nova Argentina"

(Perón)
Rolam dados da eleição
Candidatos sacam seus punhais
Assassinos não são
Mas dariam a mão
Pra ver nossos funerais

(Evita)
Que nada valem tantos imbecis
São só políticos mas sem culhão
E são só vinte contra a multidão
O que são vinte perto de um milhão
Na palma da mão
Basta apenas esperar pra ver
Os sindicatos vão se reunir
Me, te darão as chaves do poder
Quando o povo em peso decidir
Que no caos da nação
Com relutância aceitarás a função

(Perón)
Mas talvez seja tolice ir em frente e não parar
Receio dar prestígio a quem se vai
E aos nobres exilados sempre resta um bom lugar
Eu teria privilégios no Paraguai

(Evita)
Isso é papo de perdedor
Não se larga o osso no final
Não há risco ou razão para tal decisão
Se tem sua foice
Que tal?

(Che)
A nova Argentina
As massas estão a marchar
A nova Argentina
A voz desse povo
Ninguém vai calar

(Evita)
Só existe um homem capaz de ir na frente por nós
Que sabe entender nossa dor e falar nossa voz
Ama o povo, sente o povo, dele é o povo, ele é o povo
Eu sei, pois eu sou também

(Coro)
A nova Argentina
O povo vai cantar
A nova Argentina
A voz desse povo
Ninguém vai calar

(Evita)
Sou trabalhadora
Eu sei o que aperta e o que dói
Fui desempregada
Eu sei como a fome corrói
Encontrei o meu guia
É Perón o meu guia
Vai guiar a todos também

(Che)
A nova Argentina
O tempo que vai começar
A nova Argentina
O povo todo unido
Ninguém vai separar

(Coro)
Nacionalismo
Nossa indústria vai
Vai ser nossa em nossas mãos
E os estrangeiros já não podem nos controlar
Temos horas
Mais direitos
As mulheres vão votar
Mais incentivos, escolas, mais e muito pão

(Perón)
É absurdo que tenhamos que enfrentar as eleições
Ganhar no voto é um estorvo histórico
E se as palavras não servirem pra transtornos, sermões
Vamos apelar para meios mais práticos

(Coro)
Temos meios para te convencer
A votar somente em nós

(Evita)
Perón se afastou do exército e agora ele vai
Marchar com os descamisados, agora ele vai
Ama o povo, sente o povo, dele é o povo, ele é o povo!
Eu sei, pois eu sou também

(Coro)
A nova Argentina
As massas estão a marchar
A nova Argentina
A voz desse povo
Ninguém vai
Ninguém jamais
Jamais irá calar

(Perón)
Mas talvez seja tolice
Ir em frente não parar
Eu me vejo muito além daqui no ócio
Coquetéis e sombra fresca
E com vista pro mar
Descansando, namorando
Bom negócio

(Evita)
Eu te entendo bem demais
Meus pesadelos são iguais
É tão difícil resistir
Às vezes é mais duro sustentar a força como fez
Não foi por sorte
E deixar a porta aberta
Pra quem sabe escapar
Se eu fiz as coisas que eu fiz
Foi porque pensei
Foi porque previ
A nossa vitória

(Coro)
A nova Argentina
As massas estão a marchar
A nova Argentina
A voz desse povo
Ninguém vai
Ninguém jamais
Jamais irá calar

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol