A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Piruka

"Está na Hora"

Meu pai vida
Não é novela
Nasceste numa barraca
Sem água e à luz das velas
Nunca tiveste nada a não
Ser o amor da favela
E andavas de porta em porta
Para dar uns trocos a velha
Os anos foram passado
E tu foste crescendo
Diariamente ias jogando o jogo
Que te enfiou la dentro
Eu só vejo cinzento
Mas o verde dos teus olhos
Para te ser sincero lamento
Mas tu é que plantas o que colhes
Foges da reta que te perde
Acaricas e perdes
A Carolina é pequenita
Mostra lhe um rumo diferente
Meu velho já sou crescido
Ao ver-te só peço que
Dures mais 4 Meses para
Conheceres o meu filho
Seguintes o teu caminho
Fizeste a tua cama
No teu olhar sinto frio
Já não esquenta nem com chama
O teu sorriso é um vazio
E a mim já não me engana
Doi me ver te perdido
Com a cabeça na lama
Tu já te queimaste tanto
Tens um palácio no sangue
Pai olha para mim
Tinhas um ar elegante
E no entretanto para o meu espanto
Não te vejo assim
Eu não lamento o que
Vivi, ver o que vi fez
De mim homem
Sei que para muitos ter muito
Muitos outros nem comem
Tu já não te importas que te olhem
Nem te olhas ao espelho
Enquanto uns nascem outros morrem
Eu rezo para o puto nascer primeiro
Com a fartura do dinheiro
Veio a loucura a tempo inteiro
A tua vida era um recreio
Hoje em dia choras
Velho não tens a visão
Daquilo que é correcto ou não
A mim parte me o coração dizer
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol