A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Piruka

"Não Faz Isso"

Piruka MC, boy
Madorna, boy


[Verso 1]
Yo, meu Khapote, querem dar capote
Aqui no mothaf**ka do Pirukinha
Tentam a sorte e levam o corte
A minha turma caminha sozinha

Falam do meu bote, falam do meu toque
Sou passatempo de quem não tem vida
Se esta merda berra, eu fico no bairro
Charro na boca, a tasca é a esquina

Ando a ser criticado porque falo da minha filha
f**k it
Isso não tem nexo
Há muito que fala, e pouco que imagina
Eu tou na via não volto p'ó anexo

Eu sei que quem chora pelo meu sucesso
É aquele sorri na minha desgraça
Olha-te ao espelho, vês o meu reflexo
Cuspo-te a cara e abano a carcaça

Agora tu sente, a minha vida mudou de repente
A tua recaída começou no pente

Mantenho a cabeça erguida como tive sempre
Continuo com a família na linha da frente
Como disse, a minha vida hoje é um passatempo
Para quem não tem vida e só passa o tempo
A ver tudo que os outros fazem
Não escapa um momento
Eu só oiço é parlapiê, não 'tou num Parlamento
Portanto tu pula, tu pula, tu pula, tu pula
Em mim só vês gana
Longe da cana, sempre na rua
Eles falam do meu nome
Que é para ver se ganham nome
E eu pergunto como?
Não se passa nada
Eu quero é muito fumo, ya quero é muito fumo
Deixei de espremer o sumo
E bebi a limonada

Uh não faz isso
Uh não faz isso

[Verso 2]
Ai Pirukinha, tu não podes fazer isso
Eu fiz de tuga a América
E não posso fazer isso?
50 milhões sem pagar um centavo
Não papo, não papo
O meu prato tem um crucifixo
Hoje em dia é tudo falso
E eu passo por cima disso
Falam do que eu faço
Não falem, façam melhor
Anda tudo a rezar
Para chegar ao meu deslize
O que me vês gastar, sai tudo do meu suor
A vida que me vês levar é tudo mérito
Eu 'tou a viver a sério
Sempre com a mesma conduta
Sempre o mesmo Piruka
Para tudo filho da shhh
Sou filho do Arménio
Antes ia de carro
Hoje o transporte é aéreo
Faz metade do que eu faço
E dá-te um piri-pac
Não 'tou a brincar
Não quero voltar ao prédio
Antes dos 25 sento o cu num Cadillac
Dizem que o meu rap é crack
Porque eu sou um craque, bruto
E que ando a matar o game
Mas sou um bocado puto
Com o nome no hall of fame
Pus o mercado curto
Tu não matas, não te metas no meu barco, burro
Dread, tu és uma nódoa
Não fiques nervoso
Tu só papas as sobras
Que a vida no papel
Para os ratos, eu viro cobra
Eu fui até à cova a pé, e vi-te a pôr o pé na cova
Ca Bu Fla Ma Nau
Tenho a caneta com pólvora
(Fácil)
Sem muita mistura
Diz lá que queres um som que não bata na rocha
(Fácil)
Fala do Piruka
Porque hoje em dia é o que todos fazem
Falam do meu nome
Que é para subir de surra
Eu já tenho fé na cara
Ofereço-te a coroa para seres rei em casa
Já que não és na rua

Com 24 nas costas, já fiz muito e tu não vês
Não vais abanar a estrutura
A imitar um francês

Oh Charlie, corta isso
Já estou a dar muito nome a esses bonecos
Corta isso, corta isso

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol