A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Krayzie Bone

"Paz em Meio ao Caos"

[Refrão/Chorus: Negra Li]
Ôô, uôu-uôu, paz em meio ao caos
Você precisa ter coragem pra encontrar
Paz em meio ao caos

[Verso 1/Verse 1: Layzie Bone]
Never coming short on the Lord's grace
I run a race on a course to be great, my mind say "first place"
Gotta know where I been to even know where I'm goin'
To the top where I'm headed, yeah, that's where I stay
Ride with the G, slide through the challenge
Thought I was slippin', my feet stay balanced
Others try to do and find out they couldn't manage
If it was tough to the boy, then, nope, the world couldn't damage me
Who want it? Money and the power
Hustle every second, every minute, every hour
Creepin' on the come up for sports, getting louder
Got no time to acquaint with these cowards
Skyling, mileage on the curb
Tell my leathers and the broads? [?], you ain't heard?
Try to contest, I suggest you bring word
Come with your best, nonetheless you get served
Layzie in the lease, saw them walking in my shadow
They can't swim up, creep with no paddle
sh*t get deep, six feet until shallow
They can't reach this seat on my plateau
Bands go, put it on the afro
We them thugs that crept through the backdo'
Made a million, tryna get a billion
Yeah, that's why [?]

[Verso 2/Verse 2: Krayzie Bone]
We tryna go through hard times, through my hard grind
They get swallowed up by these city lights
My intention [?] to win it
I push it over the limit until I get it right
"By any means" is my slogan
And I'm chasin' many dreams, so I'm focused
Eyes are wide open, rise or die slowly
Coming from the Cleveland streets, a lot homeless
And I'ma make it out with my dog
Let's keep it from the [?] to the heart
And send my mother regards
With my thugs all over the world
And you better believe we all over the world
From Brazil to Medellín
We keep it real in the field and never sing
A real n*gga that'll die hard
But you better believe: I will kill for my dogs, a little reminder
Struggle is worldwide
So we hustling worldwide, not living the restrictions
A n*gga refuse to be the victim, I'd rather be the victor (killer!)
Don't get it twisted, I'm a winner
And I'm never the quitter, I be the go-getter
Remember BTNH and RZO
Then I get up with a n*gga like a [?] like a gorilla
So tell all my competition to get ready
What?

[Refrão/Chorus: Negra Li]
Ôô, uôu-uôu, paz em meio ao caos
Você precisa ter coragem pra encontrar
Paz em meio ao caos

[Ponte/Bridge: Negra Li]
Woo!
Aprender a escapar das armadilhas
Buscar lugar de destaque na matilha
Marcar o caminho pra não se perder, não se perder
Paz em meio ao caos (x4)
Woo-oo

[Verso 3/Verse 3: Sandrão]
Barulho no Brasil, RZO, Bone
Reunião de vagabundo, formou o bonde
Disfarçado na motoca, atira e some
Bala perdida, o corpo de um homem
Madrugada é isso: vício, diversão
Na calada, meus irmãos não estão em vão
Uns criam pra obter a bênção
Outros matam, se arrependerão
Tá difícil pra encontrar o caminho
Largaram o menino descalço, sozinho
Semearam espinhos; se o menor viver, o que vai ser?
O tempo vai dizer
Tudo anda na contra-mão, sem amor, sem razão
A rua é uma lição, o rap é a solução
Não tá tudo bem, nada muda, só o pó
Na quebrada de alguém, você ouve RZO
Enquanto, no centro, os mendigos ao relento
Droga vendendo, consumo crescendo
Prometeram tudo, 'cê não vê é nada
Não há futuro pra molecada
Muita isca, fita errada
Se mantenha na estrada

[Verso 4/Verse 4: Helião]
Vejam só, nóis da ZO
É só abrir o mapa e ir marcando o "X" (ô, glória!)
'Tamo aqui e ali, conexão com os malandros, enfim
Lembramos de onde viemos, sim
Sabemos que sofrimento é ruim
Ser feliz, quem nunca quis?
Mas fazer por onde, quem está a fim?
Preto pobre não pode errar
Olha o relógio, pois não temos tempo
Uma pá de malandrão sem respeito (ahhhh!)
Pirraça, anseios, preconceito
As catedrais: construíram lá pra não orar
Nem sequer entrar (a onda)
É, não muda o pensar
Revolta, orgulho? Sei lá
Investir em terras é segurança
Você não confia na própria sombra
Deus não está em seu coração
No pior momento, pede uma oração
Os que não querem morrer, querem falar de morte
Um tal de murmurar, tá faltando sorte
Mais um sorriso falso se morde (se morde, se morde)

[Interlúdio/Interlude: Calado]
Eu me perdi no escuro e hoje eu sou
Franco-atirador, o lobo que voltou
Eu percebi que o mundo é traidor
O errado é promissor e o mundo é dos ator

[Outro: Negra Li]
Woo!
Aprender a escapar das armadilhas (viiish!)
Buscar lugar de destaque na matilha (auuuu!)
Marcar o caminho pra não se perder, não se perder
Paz em meio ao caos (x4)
Woo-oo

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol