A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Regula

"Pimbas"

[Verso 1: Regula]
Pimbalhada é tudo fakelhada, 'tou fora
Fazem tudo pela paka
Dou-te um exemplo já na hora
O marco do big brother
Bastou dar uma foda
Saiu cá p'ra fora
Lançou um som, teve na moda
[pus*ys] é p'ó top dos mais vendidos
São estes fakes que pelo publico são aplaudidos
Como é que querem que haja respeito, no meio musical
Sem agrado vocal já são os melhores do nacional
Sem conteúdo lirical, sem originais nem imaginação
Instrumentais baitados e musicas à João Baião
Pimba boy, não vale a pena
Vai lá com concertos em playback
Só ligas o mic pa' dizer boa noite
E era o regula quem dizia, quem diria
Gritos e cores tudo feito pela maquinaria
Hoje em dia com um materialismo destes
Qualquer um se ajeita escrevem três frases
Repetem três vezes 'tá a musica feita mas
No problema tal é o sistema
Qualquer um deles no álbum tem sempre o mesmo tema
E com isto eu reflito
Nada disto é bonito
Mas que mais posso eu dizer Sam, 'tá tudo dito..

[Refrão: Regula & Sam]
Pimbas? Say "f*ck that"
Yo pimbas? Say "f*ck that"
Pimbas? Sa foda
Yo pimbas? f*ck that

[Verso 2: Sam The Kid]
Não é ao acaso que eu faço, eu brinco
Eu não faço bingo
Valioso como ming
Não vivo num casting
Vocês são bonitos mas eu não consigo ver talento
Desta vez não digo nomes para não ficar no tempo
Grandes profissionais, lucros obscenos
Vão ao top mais que eu fico no top menos
Não discuto quando escuto
Nem disputo, 'tou de fora
O meu minuto é infinito
Aproveita o teu quarto de hora
Não tenho inveja nem tenho a dor de corno
Não preciso de ir a rádios e pagar um suborno
Público é otário quando absorve a canção
Não consomes o que queres
Consomes o que te dão
Tu aceitas receitas, depois deitas
Para o caixote, 104 é o lote
Onde eu faço o meu som intemporal
Não 'tás farto de ouvir fast food musical?
Quando juntam morena, a loira, a russa
Queres ser popstar faz um bico ao producer
Vais ao limite, queres que eu te pite
Canzana por trás enquanto ouves o beat
Boa sorte pó sucesso que planeias
Pelos cinquenta mil playbacks em aldeias
Com rimas não te aproximas da minha causa
Com bailarinas animas cotas na menopausa

[Refrão]
Pimbas? Say "f*ck that"
Yo pimbas? Say "f*ck that"
Motherf*ckers? f*ck that

[Verso 3: Regula, Sam]
Afinal não disse tudo
Tenho mais p'ra comentar
Hoje em dia pitas fightam p'ra ser uma popstar
Cotas aplaudem as netas que tão a passar na TV
Envelhecer com a mesma ideia com que cresci
Não percebo qual o gosto de fazer sem o sentir
É inseguro como dar uma foda sem se prevenir
É o Sam, soma e segue
O regula é reguila
Vamos tentar fazer o que o Mj fez com o killa
Puros há poucos, pimbas há vários
És mais previsível do que boxers em aniversários
Metes putos na coca a darem riscos
Ilusão da vida orgias em telediscos

Sem ser preciso dar leta nos crips tipo cash money
Pimbas são mais irritantes que riso do bugs bunny
Acham-se artistas mas neles não invisto
Porque arte a vossa à parte é o que ainda não foi visto
Caga no mono ou no stereo
Mete isso no normalize
É pura como bater nheta, yo, faz parte da life
Não ambiciono um banho num jacuzzi
Descansado na street
Eu não preciso duma uzi
É o lusitano positivo cozinhando musica ao vivo
Nome é falado mas as vendas são pequenas
Fica com os teus milhares que eu fico pelas centenas


[Refrão]
Pimbas? Say "f*ck that"
Yo pimbas? Say "f*ck that"
Pimbas? Sa foda
Yo pimbas? f*ck that

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol