A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Supercombo

"Maremotos"

[Letra de "Maremotos" com Supercombo]

[Verso 1]
Às vezes é fácil sorrir
Às vezes só fecha a cara
Às vezes é só dormir
Às vezes não melhora
Às vezes é fácil ouvir
Às vezes é gritaria
Às vezes é um poço sem fim
Às vezes é uma escada

[Refrão]
Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear

Os maremotos de química surgem
Bagunçam tua cabeça a todo vapor
Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear

Os travesseiros derretem à noite
Todos que cobram você não sabem a dor

[Verso 2]
Às vezes esconde de si
Às vezes dá a cara a tapa
Às vezes não dá pra fugir
Às vezes tu só viaja

[Refrão]
Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear

Os maremotos de química surgem
Bagunçam tua cabeça a todo vapor
Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear

Os travesseiros derretem à noite
Todos que cobram você não entendem a dor

[Ponte]
O eu de dentro sempre fica enterrado
Pra conhecer, você precisa cavar
Nossas sementes sempre ficam isoladas
Pra conhecer, você precisa plantar
Nossos espinhos sempre ficam apontados
É proteção pra não se decepcionar
Os nossos medos são os nossos papagaios
Pesam nos ombros e repetem mantras infernais

[Refrão]
Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear

Os maremotos de química surgem
Bagunçam tua cabeça a todo vapor
Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear

Os travesseiros derretem à noite
Todos que cobram você não sentem dor

[Saída]
O eu de dentro sempre fica enterrado
Pra conhecer, você precisa cavar
Nossas sementes sempre ficam isoladas
Pra conhecer, você precisa plantar
Nossos espinhos sempre ficam afiados
É proteção pra não se decepcionar
Os nossos medos são os nossos papagaios
Pesam nos ombros e repetem mantras infernais

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol