A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Xeg

"Quando Escrevo (Remisturas Vol. 1)"

[Intro]
Quando escrevo, boy
Ya-yau
Quando quê, boy?
Sente o beat, boy
Quando quê, boy?
Quando escrevo, quando escrevo
X-E-G
De volta ao Ritmo e Poesia
Quando escrevo
Quando escrevo, boy

[Verso 1]
Quando eu escrevo faço musica
Faço elementos
Chego a ti
Palavras tocam-se mutuamente
E amam-se entre si
Tudo fica simples
Tudo fica mais doce
Não fui eu que trouxe a poesia
Fui ela que me trouxe
Sou ritmo do dia a dia
Sou a beleza e o seu drama
Comigo palavras e melodias
Deitam-se na mesma cama
Juntos com bebés a mamas
Fumos a sair de chamas
A junção é espontânea
Como alguém que se ama
Não vale a pena boy
Contenta-te a ouvir
As palavras são todas minhas
Não há ninguém que me as tire
Sou eu e elas
Elas e eu
Elas dominam
Eu domino
Mas como se tudo fosse meu
As palavras, as rimas, os versos, as letras
Oceanos, os climas, universo e planetas
Ventos e temperatura
Pensamentos e ternura
Mudança e rotura
Esta atitude e postura
Esta é a minha maneira
De dar e ganhar força
Transmitir o meu pensamento
Em forma de arte a quem o ouça
São novas dicas e acredita
Que esta é a fama mais bonita
Para quem recita a sua poesia
Depois de escrita
Homens vivem em guerra
Sem encontrar a paz
Homens aleijam-se
Só pensam em coisas más
Mas eu volto a atrás
E vejo que lá no fundo
Não é o mundo que nos faz
A gente é que faz o mundo

[Refrão]
Pego na minha caneta e digo tudo (Quando escrevo)
Reflito sobre a minha vida e o meu estudo (Quando escrevo)
Paz, guerra, amor e [?] do que eu falo (Quando escrevo)
Acordo teso [?] (Quando escrevo)
Transmito a minha filosofia (Quando escrevo)
Falo sobre o meu dia a dia (Quando escrevo)
Mostro amor pela a minha cultura (Quando escrevo)
Rimas saem simples e puras (Quando escrevo)

[Verso 2]
Não sei se a vida é o caminho
A felicidade ou a meta
Só sei que eu e a música
Somos um só ser que se completa
Mutuamente
Juntos ficamos mais seguros
Influenciamos um ao outro
Como o presente e o futuro
Tudo fica mais puro (Quando quê?)
Quando escrevo
O inutil desaparece
O importante ganha relevo
Como enfrentar o medo
Desvendar um segredo
Aqui palavras são analisadas
Seleccionadas a dedo
O sol nasce mais um dia
Um bebé dá mais uns passos
Palavras brilham no horizonte
Iluminando tudo o que faço
Afinal a vida é tão simples e bela
Como é que queres estar bem na vida
Se tu próprio não estás bem com ela
Não sou ninguém para criticar
Mas se me permitem
A maioria de vocês
Só vê problemas onde não existem
Lutam onde não há luta
Discutem onde não há discussão
Parece que a coisa mais importante, boy
É confusão
Mas eu não
Eu sou diferente
Palavras e melodias
Ocupam a minha mente
Não deixam espaço
Para mais nada
Hip hop, cultura, filosofia
É a minha expressão falada
Quando eu escrevo o mundo muda
Mas eu mantenho-me fiel
A minha rima
A minha caneta e ao meu papel
Viver é algo simples
Eu é que não sabia
Passo a vida a escrever
Para mim a vida é só poesia

[Refrão]
Pego na minha caneta e digo tudo (Quando escrevo)
Reflito sobre a minha vida e o meu estudo (Quando escrevo)
Paz, guerra, amor e [?] do que eu falo (Quando escrevo)
Acordo teso [?] (Quando escrevo)
Transmito a minha filosofia (Quando escrevo)
Falo sobre o meu dia a dia (Quando escrevo)
Mostro amor pela a minha cultura (Quando escrevo)
Rimas saem simples e puras (Quando escrevo)

[Outro]
Pego na minha caneta e digo tudo
Reflito sobre a minha vida e o meu estudo
Paz, guerra, amor e [?] do que eu falo
Acordo teso [?]
Transmito a minha filosofia
Falo sobre o meu dia a dia
Mostro amor pela a minha cultura
Rimas saem simples e puras
(Quando escrevo)

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol