A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Don L

"Airsoft"

[Letra de "Airsoft", com Luiz Lins, FBC e Don L]

[Verso 1: Luiz Lins]
Não tenta a sorte que isso não é airsoft
Isso não é só ameaça, nego, tu és soft
Nego, tu és só, meus comparsas tipo uns dez, ó
Seca um desó, com as de dez, ó
Na real de dez, ó
Killa tipo 10 mortes, kilos tipo dez lotes
Na mira de uns milhões, tipo jackpot
Se eu te ligo não é trote
Chego em tipo dez, ó
Descarrego dez Glocks
Na minha tela, 10 tecos, quando ela me deu os toques
Que me viu no Insta, e no instante que viu deu dois toques
Eu vou cuidar desse cachorro tipo um pet shop
Sarra em mim no lap dance, se abre tipo um laptop
Ama um Thug Love, manda um Obrigado Hip-Hop
Meus trampos são 10/10
Fodam-se esses teus noves
Essa te deixou em choque
Foda-se esses teus manos
E foda-se esse teu money
Que teu pai te deu, boy

[Refrão: Luiz Lins]
Relógio bonito, agora é meu, boy
Sapato bonito, agora é meu, boy
Cordão bonito, agora é meu, boy
Nem sou bonito, mas eles me chamam de "meu boy"
Relógio bonito, agora é meu, boy
Sapato bonito, agora é meu, boy
Cordão bonito, agora é meu, boy
Nem sou bonito, mas eles me chamam de "meu boy"

[Verso 2: FBC]
E o tênis mais louco, comparsa, é meu agora
Desde baixo, o topo é meu agora
Essa grana é minha agora
Branco o bastante, já podem me chamar de playboy
Quem é o pobre, sujo e feio agora?
Debochei agora, tô de bolso chei' agora
Tudo que cê fez, volta
Se disser desfez, volta
Só digo "vai ter volta"
Fé que nunca fez volta
Um dia eu fiz falta
Com quem me ama por quem eu nunca devi nada
Agradeço ao Hip-Hop
Por nós tá de Netflix
Estourando popcorn
Foda-se essas Bad b*tch
Me olhando Betty Boop
Coadjuvante, fi
Rasgando esse feat, ó
Squad só headshot
Letras assassinas matam
Não, não foram essas letras que mataram o Hip-Hop

[Verso 3: Don L]
Na esquina vários de dez, ó
Dez blocos de dez nota
Dez menó pra dez bloco
Tudo no stress, ó
Tirando tipo dez a hora
Ela pira no estilo
Diz que eu piso no inferno como eu piso no Olimpo
Mil conflitos internos e mais 1 milhão vindo
Ela é vida bandida, eu sobrevivi nisso
Ó, discípulo da disciplina
Destino me deu as rimas
Eu sou pago pra ser anti-herói
Acabo seu filme, boy, fan fic de Hip-Hop
No ar das área, várias lendas mortas têm seu nome tatuado na fumaça
Fizeram histórias que serão contadas
E a cada trago a nossa, vivida, é lenda viva!

[Refrão: Luiz Lins]
Relógio bonito, agora é meu, boy
Sapato bonito, agora é meu, boy
Cordão bonito, agora é meu, boy
Nem sou bonito, mas eles me chamam de "meu boy"
Relógio bonito, agora é meu, boy
Sapato bonito, agora é meu, boy
Cordão bonito, agora é meu, boy
Nem sou bonito, mas eles me chamam de "meu boy"

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol