A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

X-Tense

"Eles Não Querem Saber"

[Verso 1]
Mano, olha onde tu estás (Brutal)
Dono do teu sofá, casa de banho e um quarto
Mano, olha o quanto tu sabes (Tudo Quase)
Revistas e jornais, estás 'tão bem informado
Mano, olha para onde tu vais (Dubai)
Até a volta ao mundo dás, só que é tudo pelo ar
Mano, mandas no que tu fazes?
Ou és um escravo
Ainda tens os tomates
Ou até nisso cortas-te?

[Hook]
Tudo o que eu ’tou a dizer
É que eles não querem saber de nós
Tudo o que eu 'tou a dizer
É que eles não querem saber de nós

[Verso 2]
Tu sais do bules tarde, bules demais
Até lá tu estudas-te
Para aprenderes que sonhar
Só faz com que custe mais
Formatado ao vulgar
Transformado em cobarde
Obrigado a enturmar-se
Até te conformares
O comum dos mortais
Uma tv na sala
Então é bom que o puto se cale
Portugal em futsal
E tu 'tas preso em frente à tela
Que é o teu lugar
Pronto a ser intrujado
Só mexe o teu polegar

[Hook]
Tudo o que eu ’tou a dizer
É que eles não querem saber de nós
Tudo o que eu 'tou a dizer
É que eles não querem saber de nós

[Bridge 1]
Eles metem medo para veres o bastão
Eles metem medo para ter-te na mão
Senão
Amanhã eles acordavam
'Tava tudo diferente
Eles 'tão com medo que tu pense e te revoltes
Eles 'tão com medo que de repente tu notes que nós
Se formos juntos não há balas suficientes
E até que tu fiques ciente

[Verso 3]
Eles dão-te químicos
Os clínicos são mínimo
Comida e tudo
Galinha e peru injetados com líquidos, são híbridos
Para o crítico cientifico
Pesticidas sem perigo nenhum
'Tão falso que até um bicho intui
Não espera que um artigo o eduque
Microondas, cinco minutos
'Tá pronto, toca a abrir e bucho
Radiação, até para morrer o tempo de espera diminui
Cancro logo aos trinta e tu procuras oncologista ilustre
Ele vai-te encher com químicos, não notas que isto é cíclico

[Hook]
Tudo o que eu 'tou a dizer
É que eles não querem saber de nós
Tudo o que eu ’tou a dizer
É que eles não querem saber de nós

[Verso 4]
Porque isto é tudo para que triplique o lucro
E ai de quem o insinue
Eles vão chamar-te um hippie porque
Ajuda a que te dissimule
Tudo o que é ilícito
É o que não é pago ao cínico
Tabaco quem o distribui
O álcool quantos vitimou
Não existem políticos
É mítico, fictício
A banca é o único sitio onde existe uns a decidir tudo
Montaram-te um circo e tu
A aplaudir no comício
A brincar ao quadradinho e cruz
E o barão a fugir impune

[Hook]
Tudo o que eu ’tou a dizer
É que eles não querem saber de nós
Tudo o que eu 'tou a dizer
É que eles não querem saber de nós

[Bridge 2]
Eles metem medo para veres o canhão
Eles metem medo para seres o que tantos são
Eles querem fazer de ti um cão obediente
Eles tão com medo que o medo se esgote
Eles tão com medo que rebentes e acordes ou
Que estas algemas cedam a tanto ódio que sentes
Confesso que me custa dizer
A humanidade não quer ver
E se o Michael Jackson fosse vivo
Ele ainda cantava este som

[Verso 5]
Bancos, gatunos
De gravata e botão de punho
Internet no telemóvel, controlam-te pelo facebook
O poder em pano de fundo
Olho e um triângulo
Porque a melhor prisão do mundo
É aquela em que não vejo muros

[Outro]
Tudo o que eu ’tou a dizer
É que eles não querem saber de nós
(Não vês que eles não querem)
Tudo o que eu 'tou a dizer
É que eles não querem saber de nós
(Não vês que eles não querem)

Tudo o que eu 'tou a dizer
É que eles não querem saber de nós
(Oh, Não vês que eles não querem)
Tudo o que eu 'tou a dizer
É que eles não querem saber de nós
(Não vês que eles não querem)

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol