A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

X-Tense

"EQlibrio"

[Letra de "EQlibrio"]

[Intro: Hype Mike & Funk Master Félix & Charro a Meio, Patrão]
Vamos então passar à próxima música do programa de hoje
Desta vez do artista X-Tense
A música chama-se "EQlibrio"
E quem é que não precisa de um pouco de equilíbrio nas suas vidas?
Yea, este gajo nasceu p'á rádio
E é isso família, voltamos já de seguida com uma entrevista com o Nuno e por agora deixamos com uma música do X-Tense
EQlibrio


[Verso 1]
Yea
Se eu começar a fazer perguntas vou pensar demais
Como é que fiz a dúzia com um par de dados?
Quis sentar nas nuvens p'ra te olhar de lá
Acabei na Lua, mas do lado de Marte, ya
Medo das alturas que eu sou um gajo baixo
Nunca calcei uns, eu só dei saltos altos
Eu só vendi fúria no formato d'arte
Se eu vender lamúrias tu não vais escutar
Talvez eu seja complicado
Talvez me queixe mais do que eu digo obrigado
E tenho muito ao que brindar, ou talvez seja qualidade
Ser tão volátil e andar entre bom e mau
É prova de que eu sou real
Eu tenho feito inimigos de tanto indivíduo
Mas sei o que digo
E mano, se eu tenho o que eu quis e 'tou meio dividido
É estranho
Do pânico da guita, o meu feito é incrível
Aceitei p'a vítima quem vi na mira, mano eu vi a vermelho
Só não me peças que me arrependa
De ver os tropas a rir e deixar a cota dormir
Que eu tenho crises de empatia, mas eu ódio eu não sinto
Eu juro que só quis a fatia que já não comem por mim
Minha grana bazou, minha cama bazou
E claro a minha dama bazou
A minha cama nem soube, do nada
Pimba, a fama caçou-me
Bacano é cantor, boy ya
Mas tipo a mão no meu bolso só apanha borbotos

E calma, calma
Eu lembro-me de andar à procura de um bules cheio de vergonha Se bato à porta a algum fã
Boy, imagina abrires a porta do teu Uber
E encontrares o Kappa Jotta ao volante
Então ri-te na boa, boy soa tão ridículo ao longe
Mas isso foi ontem?
Juro que p'ra mim foi hoje
Vitorioso, eu só quis falar disso depois, em símbolo de força
Eu não dou para pedidos de socorro
Eu andei
Eu andei louco e procuro equilíbrio
Porque esse amor eu sei que é fictício
Sei que essa merda tem de vir de mim me'mo
Quem mo empresta só mo eufemiza
Eu andava a contar combater nos trinta
P'a me ver crescer um siso, mas
Não me apareceu juízo nenhum
Feliz por não conhecer impossíveis, mas
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol