Praso

"Enquanto há quem quer"

[Letra de "Enquanto há quem quer comprar"]

[Intro: Montana]
Enquanto há quem quer comprar
Há quem quer vender
Enquanto há quem quer comprar
Há quem quer vender

[Verso 1: Montana]
Umas vão para o aeroporto
Mas de barco até ao porto
Uma viagem com conforto
Do Algarve até ao Porto
Há um negócio do fumo
E o negócio mais claro
Que oferece mais lucro e ocupa menos espaço
Dinheiro não é tudo
Mas sem ele estás só
E em casa de traficante mulher não limpa o pó

Dinheiro sem porquês
Sempre trouxe cheiro a merda as mãos do português
1,2,3 vê só, preço baixo outra vez
Rotina lucrativa ensina-te a falar francês
Correu bem mas não descansa
Mete mais um motor na lancha e avança
Fez-se esperança
No país onde quem é honesto não alcança
E manda foder quem não dança
Reza a jesus, a Jesús Malverde
Para não ficar aí a boiar para a polícia enriquecer
Na tuga vale o risco, o país é uma novela
Prisão é um hotel, quantos mais anos mais estrelas

Dinheiro não cai do céu
Mas cresce das plantas
No fim do mês faz as contas
Sorri, diz que sim
Eles vivem de aparência
E a consequência é a falta de competência
Pouca cultura que censura a inteligência
As leis têm falhas usadas de preferência
Mais que uma vez
Porque quem mais, menos fez (menos fez)
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


Copyright © 2017-2020 Lyrics.lol