A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Praso

"Passa A Palavra"

[Intro x2]
Passa a palavra
Rapazes do fim da sala
Não tinham futuro
E hoje em dia estão em alta

[Verso 1]
Fazes mal, toda gente aponta
Mas quando fazes bem, ninguém nota
Então não esperes, tropa
O amor é como a droga
Experimentou, ela volta
Por ti espera a vida toda
Só não percas o teu brinco
Podes encontrar os d'outra
Direto para a boca
Se és filho de uma puta
Não queiras ser pai de outra

A tua mãe julga enquanto engole comprimidos
Tudo drogas mais pesadas
Do que nós já consumimos
O marido vai trabalhar
Ela vai deitar os filhos
Dois Xanax, um Prosak e a pila dos vizinhos
O sabor não é o melhor
Mas o dinheiro dá jeito (dá jeito)
Tu não julgues
Se não tens esse direito
Tudo tenho feito
Para que vender seja pretérito imperfeito
Mas
Meu som sai
Na esquadra é notícia
5 mil ouvintes
Metade só da polícia
Porque se um dia eu fizer um videoclip como o teu
As armas são de verdade
E o BM é meu

Hoje vivo para te provar
Que ser pobre não importa
Quando a força de vontade
É maior que a tua moca
Lamentar não serve de nada
E mostrei aos meus pais
Que a matemática não falha
Menos com menos deu mais
Só na rua encontrei algum conforto
Se um dia não tiver guita
Ou estou preso
Ou estou morto

[Refrão]
Passa a palavra
Rapazes do fim da sala
Não tinham futuro
E hoje em dia estão em alta
Não queremos luz, nem fotografia
Habituados ao escuro
E à caligrafia feia

Fardado toma cuidado
Nosso nome é má notícia
Porque aqui somos nós
Que vigiamos a polícia
Se queres entrar, toma a tua parte
Mas queres mandar?
Já chegaste tarde

[Refrão]
Passa a palavra
Rapazes do fim da sala
Não tinham futuro
E hoje em dia estão em alta

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol