Proibidão

Vietnã

[Letra de "Proibidão" com Vietnã]

[Verso]
De novo eu na escuridão, o barulho do passo me incomoda
Na aproximação pude notar a cor preta da bota
Fiz minha cara e segui na direção
Quase que ele dispara na abordagem de oitão
Disse que o aprendizado às vezes vem junto com a dor
"Se não existisse o ódio, não existiria o amor"
Famoso amor que em algum lugar deve existir
E que pro meu azar, já não passava por ali
Já deu a letra, agora é treta
Tempo pra oração, sem opção
E a arma na mão do capeta
Eu vi no olho o ódio e a sede de vingança
Ouvi pelas palavras, despreparo e ignorância
Eu sou suspeito, isso eu não posso negar
Vou pagar minha fiança e volto pra te matar
Pra quando eu engatilhar, cê ver o que é ódio de verdade
E antes de eu atirar, você negar sua autoridade
Assim funciona no país das maravilhas
No morro ou no Planalto, forme já sua quadrilha
Ou permaneça em meio ao fogo cruzado
E a cada três balas perdidas, um projétil é encontrado
Mais um disparo da arma dos cães covardes
Comprovado e constatado: a Taurus mata mais que a AIDS
Vejo corpos vazios, não por culpa da depressão
Causa da emorragia, naquela perfuração
São rios de sangue, pegue seu copo e se sirva
O primeiro vai pra você que é quem financia a firma
Imposto da esmola que foi dada no farol
O sistema dá a linha e você passa o cerol
Fortalecendo a cadeia alimentar
Se vivo bem, vivo bem pouco
E pra viver tem que matar
Pra que nessa vida tenha um nome
Faça tudo o que quiser, limite é luxo no país da fome, tio
Governo aplaude, mantém o controle interno
Fim da vida dos dois lados, menos nomes no caderno
Sobra dinheiro, e é menos preocupação
Providenciam o buraco e a etiqueta no dedão
Minha frustração é estar na lista
E na dança do mata ou morre, lá se vai mais um passista
Eu bato na mesma tecla, o assunto é a morte
Viver a vida é privilégio onde só sobrevivem os fortes, né?
Cê vai na fé, porque na sorte hoje tá osso
E se o nariz tiver de pé, já é perigo pro pescoço
Infelizmente assim funciona
Paga pra vê e eles te provam que divã não é poltrona
Sendo caçado na rota de colisão
É o que eles querem, minha espécie nunca entra em extinção
Minha meta nessa vida é ser feliz
Sou traficante brasileiro, truta, eu amo esse país

Think your friends would be interested? Share this lyrics!

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


Copyright © 2017-2021 Lyrics.lol