A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Hungria Hip Hop

"Stilo Cachorro"

[Intro: Hungria Hip Hop]
Ha!!! A cachorrada tá solta dogão
Iai Mano Poeta, Hungria, Sentinela é cão de raça
Criado a Pedigree

[Verso 1: Mano Poeta]
Bela coleira de ouro, malandro eu to vistoso
De pura raça charmoso, só no estilo cachorro
Cadela já quer mim dar, espera a lei tá cio
Late bem alto e viu, eu de rolê no meu Clio
E cresceu rápido o amor, foi fácil jogar na cama
Lá na quadra cão de raça, que morde cadela banda
Os capal aumenta a febre tu sabe como se cata
É dois palitos e um teste, mostrar o vírus da raiva
Pode falar criticar, pensar que eu to blefando
Que é pura inveja não é, só to te incomodando
Estilo cachorro pra muitos é um estilo de vida
Segunda e quarta sua irmã de quinta á sexta é sua prima
Fim de semana eu vou, de rolé lá no canil
Onde tem várias cadelas e todas elas no cio
Vira-lata passa mal quando tela as numeradas
Estilo dogg apavora quando arrasta as máquinas

[Refrão: Chacall]
A cachorrada ai tá solta (hou hou)
Cadela quer beijo na boca (hou hou)
É só loucura ninguém segura
Tem pedigree então a raça é pura (2x)

[Verso 2: Hungria Hip Hop]
Fecha o portão que a cachorrada ai tá solta
E no canil cadela rosna a noite toda
Minha coleira é de ouro e chama a atenção
Eu to com a gangue é só cachorro sem vacinação
Um belo pelo pras modelos um buquê de rosas
Arrasto ela é só champagne vem pro banho e tosa
Minha reputação em alta o meu nome falado
E to na night é birinight ela balança o rabo
Moleque se liga que é tipo assim
Só cola na banca quem tem pedigree
Cachorro que rosna e olha pra mim
Os dogg na febre querendo meu fim
Sim tipo assim nóiz aqui (ôôh)
Cachorro da Hungria aqui é gringo (ôôh)
E essa cadela é mó marrenta usa calvin klein
Dolce e gabana, everlast ela tem também
E dizem "quem late não morde" então se liga trouxa
Eu largo no ouvido dela e mordo sua coxa

[Refrão: Chacall]
A cachorrada ai tá solta (hou hou)
Cadela quer beijo na boca (hou hou)
É só loucura ninguém segura
Tem pedigree então a raça é pura (2x)

[Verso 3: Chacall]
De Red Nose no ataque, Sentinela no combate
Focinheira de cachorra, Íííh altos kilates
Banda xona quando gama, diamante sobre a cama
Dama vestida de preto, fuleiragem que mim encanta
Nossa lombra que comanda, no prestígio na ganancia
Nossos pés ganhando a fama, atitude e responsa
Vivo fiel na calada de lua cheia e fumaçada
E as cachorras na praça de Black Label na taça
Esbanja raça castela e nem disfarça
Equipe treme terra cultiva cão de raça
Banhado a chivas negôô, Sentinela com vocês
Cordão de elite e whisky escocês
E quem latiu não se ligou nosso grave que trinco
Do portão abriu o flash cachorrada atribulou
Então abre um chandon, um vinho seco é bom
Latindo bem no meu ouvido eu entro em ação
E quem latiu não se ligou
Nosso grave que trinco
Do portão abriu o flash cachorrada atribulou
Cachorrada atribulou, cachorrada atribulou, cachorrada atribulou

[Refrão: Chacall]
A cachorrada ai tá solta (hou hou)
Cadela quer beijo na boca (hou hou)
É só loucura ninguém segura
Tem pedigree então a raça é pura (2x)

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Copyright © 2017-2019 Lyrics.lol